Ofensiva mata 23 insurgentes e líder talibã no Afeganistão

Cabul, 4 jun (EFE).- Pelo menos 24 supostos talibãs, entre eles um líder insurgente, morreram em uma ofensiva das tropas dos Estados Unidos e das forças afegãs no sul do país, afirmou hoje o comando militar americano.

EFE |

As forças conjuntas lançaram uma operação para descobrir carregamentos de drogas na província de Uruzgan e mataram sete fundamentalistas e um "conhecido comandante talibã procurado por seus vários ataques" contra as forças afegãs e estrangeiras, segundo um comunicado da coalizão liderada pelos Estados Unidos.

A área atacada, situada no distrito de Shahidi Hassas, era "utilizada pelos insurgentes como refúgio seguro e ponto de passagem de armamento", segundo o comando militar americano.

Os soldados revistaram um dos esconderijos dos talibãs e encontraram um "grande carregamento de armas", que a aviação americana destruiu com "bombardeios de precisão".

Pouco depois e no mesmo distrito, a insurgência atacou as tropas, que abriram fogo e pediram "apoio aéreo".

Pelo menos 16 fundamentalistas morreram por disparos de armas leves e um ataque aéreo americano, resumiu a nota.

O comando militar dos EUA afirmou que, durante a operação, um policial afegão ficou ferido e não houve vítimas civis.

A coalizão liderada pelos EUA lança contínuas ofensivas junto às forças de segurança afegãs no cinturão sudeste do Afeganistão, onde a insurgência talibã tem maior presença. EFE nh-amp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG