Ofensiva do Exército contra rebelião tamil deixa 44 mortos no Sri Lanka

Pelo menos 42 rebeldes tâmeis do Sri Lanka e dois soldados foram mortos durante uma ofensiva do Exército destinada a tomar a capital política da guerrilha no norte da ilha, anunciou nesta sexta-feira o Ministério da Defesa.

AFP |

Esses novos combates, em terra e mar, também deixaram desde quinta-feira dezenas de feridos dos dois lados, afirmou Udaya Nanayakkara, porta-voz do Ministério cujo registro, que não pôde ser verificado por fontes independentes, indicou 7.158 insurgentes tâmeis e 697 soldados mortos desde 1º de janeiro.

Os Tigres de Libertação do Eelam Tamil (LTTE) não comentaram esse registro, mas reconheceram que a aviação cingalesa havia bombardeado a sede de sua "polícia" em sua "capital" política, Kilinochchi, no norte.

Em confronto desde 1972, os Tigres tâmeis, hinduístas, lutam pela independência do norte e do nordeste do Sri Lanka, país composto em 75% por cingaleses budistas. Cerca de 70.000 pessoas foram mortas em três décadas e milhares morreram desde a volta da violência no final de 2005.

mg/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG