genuína vontade no diálogo político para pacificar Bolívia - Mundo - iG" /

OEA vê genuína vontade no diálogo político para pacificar Bolívia

O secretário-geral da OEA, José Miguel Insulza, afirmou nesta sexta-feira que percebe uma genuína vontade de diálogo entre a administração de Evo Morales e os governadores rebeldes para superar a atual crise política na Bolívia.

AFP |

"Vi uma genuína vontade para um acordo", disse o chefe da Organização dos Estados Americanos (OEA), que acompanha as negociações em Cochabamba entre o governo central e os quatro governadores rebeldes para definir uma agenda visando um pacto nacional.

Insulza está "otimista" com as conversações, que começaram na quinta-feira em duas frentes: uma envolvendo o presidente Morales e os governadores rebeldes de Santa Cruz, Beni, Chuquisaca e Tarija; e outra técnica, com representantes dos dois lados.

"Vejo vontade e interesse", disse o secretário-geral da OEA, após participar da inauguração de duas das três comissões técnicas das discussões.

As comissões em andamento analisam a redistribuição do imposto arrecadado com o petrólero, as autonomias regionais e a aprovação da nova Constituição.

A terceira comissão, sobre a eleição de autoridades judiciais e eleitorais, ainda espera a definição de seus delegados.

O diálogo em Cochabamba também é acompanhado por representantes das Igrejas católica e protestante, da ONU, da Unasul e da União Européia.

jac/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG