OEA se solidariza com governo boliviano e apóia integridade territorial

A Organização dos Estados Americanos (OEA) expressou na noite de sexta-feira sua solidariedade ao governo boliviano do presidente Evo Morales e defendeu a integridade territorial do país, em uma resolução aprovada às vésperas do referendo de autonomia da região de Santa Cruz, marcado para o próximo domingo.

AFP |

No texto da resolução, os países membros da OEA declaram "sua solidariedade e respaldo ao Povo da Bolívia, ao Governo Constitucional dirigido pelo Presidente Evo Morales Ayma, à institucionalidade democrática e às autoridades eleitas pelo povo boliviano".

O Conselho Permanente da instituição condenou "qualquer tentativa de ruptura" da ordem constitucional e da integridade territorial do país, fazendo um apelo a "todos os atores" para que "suas ações sejam marcadas pelo respeito ao Estado de Direito, excluindo qualquer ação que possa levar a uma ruptura da paz e da ordem constitucional e afetar a convivência entre os bolivianos".

A região de Santa Cruz, que concentra 30% do PIB boliviano, vai às urnas no domingo para aprovar seu estatuto de governo autônomo, uma espécie de Constituição local. O presidente Morales condena a iniciativa e considera a consulta ilegal e separatista.

arz/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG