OEA e UE decidem mandar seus embaixadores de volta a Honduras

Nova York, 23 set (EFE).- A Organização dos Estados Americanos (OEA) e a União Europeia (UE) decidiram hoje que seus embaixadores em Honduras devem voltar à capital do país, Tegucigalpa, cidade que deixaram após o golpe de Estado que derrubou o presidente Manuel Zelaya.

EFE |

EFE nl/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG