OEA diz que falta de recursos dificulta luta contra drogas na A.Latina

Washington, 6 abr (EFE).- O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, lamentou hoje que a falta de recursos financeiros dificulte a luta contra as drogas na América Latina.

EFE |

Ele apresentou as conclusões do relatório sobre o tráfico de drogas na região elaborado pela Comissão Latino-Americana sobre Drogas e Democracia, junto com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e com o ex-líder colombiano César Gaviria.

O estudo ressalta a necessidade de tratar o consumo de drogas como uma questão de saúde pública e recomenda fazer campanhas de informação de prevenção, sobretudo entre os jovens, voltadas a| reduzir o consumo.

"O principal problema que temos em nossa região é a falta de recursos financeiros", disse Insulza.

O secretário-geral da OEA considerou necessário um maior esforço na alocação de recursos para combater as atividades relacionadas com o comércio de drogas, principalmente as relativas ao processamento e comercialização.

No entanto, também fez referência à necessidade de desenvolver novas medidas encaminhadas à educação, à prevenção e ao tratamento de consumidores, em vez de políticas somente centradas na proibição destas substâncias.

"A redução da demanda é um tema fundamental que exige ser complementada com outros esforços", disse Insulza, que apostou na educação para reduzir o consumo, já que "a proibição das drogas não acabará com o problema de fundo".

"Demos uma oportunidade à educação e ao tratamento médico como formas de reduzir o consumo e descobriremos em alguns anos sua eficácia", afirmou.

O estudo sugere, ainda, reorientar as estratégias de proibição de cultivos e redefinir os esforços na luta contra o crime organizado.

Neste sentido, Gaviria pediu aos Estados Unidos que realizem uma mudança nas políticas de combate ao tráfico de drogas, as quais considerou "ineficazes", segundo um comunicado divulgado pela organização. EFE elv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG