OEA destaca Brasil como exemplo de democracia na América Latina

Salamanca (Espanha), 19 fev (EFE).- O secretário de Assuntos Políticos da Organização dos Estados Americanos (OEA), Dante Caputo, destacou hoje Brasil e Chile como exemplos de funcionamento da democracia na América Latina.

EFE |

Caputo participou hoje na cidade espanhola de Salamanca de uma oficina para a discussão da Agenda da OEA sobre "Democracia, bem-estar e cidadania".

Caputo afirmou que embora seja "difícil" falar de um modelo de democracia a seguir na América Latina, o Brasil é um país que tem "uma pujança excepcional" e o Chile conta com "uma disciplina única".

Na sua opinião, os dois sistemas "não podem ser transferidos mecanicamente" para o resto da região, pois há Estados "com histórias culturais que tornam inviável impor a pujança brasileira e a disciplina chilena".

O representante da OEA comentou que os presidentes dos dois países "não modificam a Constituição" para perdurar no cargo, pois a "continuidade programática se dá por seus partidos e não pelas pessoas, ao contrário de muitos países da América Latina".

Em todo caso, Caputo afirmou que a região ibero-americana "está mudando" e, deste modo, atribuiu especial relevância às "notáveis transformações políticas de uma centro-direita para uma centro-esquerda" dos últimos três ou quatro anos.

Apesar destes avanços e de "a transição do autoritarismo para a democracia ter concluído", Caputo afirmou que "as carências" democráticas "não estão suficientemente discutidas na agenda do debate público" e, em consequência, não aparecem "na opção do eleitor no momento em que vai votar". EFE np/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG