OEA aplaude eleições na Bolívia mas vê erro na apuração em Pando

La Paz, 5 abr (EFE).- Os observadores da Organização dos Estados Americanos (OEA) nas eleições departamentais (estaduais) e municipais na Bolívia avaliaram bem o processo, mas advertiram sobre um erro no cômputo dos votos na região de Pando.

EFE |

"A OEA tem conhecimento de uma situação particular produzida em Pando, onde existiria um erro na contagem de 13 atas eleitorais", diz o comunicado, lido hoje para a imprensa pelo chefe da missão, o ex-presidente do Panamá Arístides Royo.

Royo explicou que a Corte Nacional Eleitoral (CNE) já está informada do caso e mostrou confiança de que o assunto poderá ser resolvido "o mais brevemente" possível, já que a apuração no departamento de Pando está paralisada.

A CDE de Pando decidiu hoje adiar para amanhã o início da contagem oficial dos votos das eleições de domingo, após os protestos de seguidores de candidatos opositores perante suas portas.

Segundo pesquisas e sondagens rápidas divulgadas pela imprensa local, o partido do presidente Evo Morales teria vencido em pelo menos cinco dos nove departamentos do país, enquanto a oposição manteria o poder em três.

A dúvida está justamente sobre o caso de Pando, onde o resultado parece menos previsível. Já na noite de domingo, Morales, no entanto, proclamou a vitória do Movimento ao Socialismo (MAS) também neste departamento.

A apuração definitiva dos votos só será divulgada depois de 24 de abril, mas já a partir desta semana a CNE tornará públicos números parciais. EFE vs/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG