Aromas que você inala enquanto dorme têm o poder de influenciar seus sonhos, diz um estudo apresentado na reunião anual da Academia Americana de Otorrinolaringologia em Chicago, nos Estados Unidos. Os resultados preliminares sugerem que, ao borrifar essências de flores no travesseiro, você aumenta suas chances de ter bons sonhos.

Liderados pelo professor Boris Stuck, pesquisadores do Hospital da Universidade de Mannheim, na Alemanha, fizeram experimentos usando odores bons, como o perfume de rosas, e ruins, como o cheiro de ovos podres, expondo voluntários a eles durante o sono.

Eles esperaram até que os participantes entrassem na fase REM do sono, estágio em que ocorrem os sonhos mais vívidos, e borrifaram altas doses das fragrâncias no ar durante dez segundos.

Um minuto mais tarde, os voluntários foram acordados e convidados a relatar suas impressões.

Sem lembranças

Os participantes raramente se lembravam de haver sentido qualquer cheiro. Mas os especialistas concluíram que, quando o odor desagradável foi usado, o tipo de emoção vivenciada durante o sonho era predominantemente negativo.

Sob o estímulo do odor agradável, quase todos os sonhos relatados tinham conotações positivas.

Os pesquisadores anunciaram que pretendem agora fazer estudos com pessoas que sofrem com pesadelos constantes.

Segundo eles, informações sobre o funcionamento do olfato durante o sono foram disponibilizadas apenas muito recentemente e o presente estudo seria o primeiro a documentar o impacto do olfato sobre os sonhos.

Terapias

A equipe alemã acredita que sua pesquisa pode abrir caminho para terapias que usam fragrâncias para tratar pacientes com distúrbios do sono.

Pesquisas anteriores mostraram o efeito de outros tipos de estímulo, como som, pressão e vibração, sobre o conteúdo e a conotação emocional dos sonhos.

"Temos algum conhecimento sobre a relação entre estímulos externos e os sonhos", disse o especialista em sono Irshaad Ebrahim, do London Sleep Centre, na Grã-Bretanha.

"Este estudo inicial é um passo em direção ao esclarecimento dessas questões e pode levar a benefícios terapêuticos."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.