Odierno assume comando no Iraque e diz que conquistas são frágeis

O general Raymond Odierno, que assumiu nesta terça-feira o comandando das tropas da coalizão internacional no Iraque, afirmou que as conquistas obtidas em termos de segurança são frágeis e reversíveis.

AFP |

"Esta é minha segunda casa. É bom retornar. É um privilégio meu estar ombro a ombro com vocês (os iraquianos)", disse Odierno ao suceder no comando o general David Petraeus em uma cerimônia em um antigo palácio do ex-ditador Saddam Hussein, perto do aeroporto de Bagdá.

"O Iraque é agora um país diferente do que vi no início. No entanto, é preciso compreender que estas conquistas são frágeis e reversíveis", acrescentou.

Odierno foi um dos principais reponsáveis pela captura do ex-ditador iraquiano Saddam Hussein, derrubado pela intervenção militar americana em 2003.

O general Petraeus, a quem é atribuída a melhora na situação de segurança no Iraque, assumirá agora o posto de comandante central das operações americanas no Oriente Médio e Ásia Central.

afp/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG