Obra-prima renascentista é descoberta na Grã-Bretanha

Uma obra-prima renascentista foi redescoberta na Grã-Bretanha após permanecer guardada por cerca de 60 anos. O dono do quadro havia pedido para que uma casa de leilões avaliasse as obras que estavam em sua residência, na cidade inglesa de Cheltenham.

BBC Brasil |

"Fui à casa e vi que as coisas eram interessantes, embora não excepcionais. Mas uma fotografia da pintura me deixou de antenas ligadas, eu intuí que havia algo ali", disse o leiloeiro Guy Schwinge, da casa Duke's of Dorchester.

O quadro foi identificado como sendo Madonna e Criança com São José, pintado pelo italiano Ludovico Mazzolino em 1522.

Mestre
Especialistas da National Gallery de Londres conseguiram traçar a história do quadro. Na última vez que ele foi leiloado, em Londres, no ano de 1812, atingiu o preço de 20 libras esterlinas.

A bisavó do dono atual comprou a pintura na Itália em 1862. O proprietário, que não quis ser identificado, disse ter guardado o quadro em um depósito no ano de 1950.

Mazzolino nasceu na cidade italiana de Ferrara em 1480 e morreu durante uma praga que atingiu a região no final da década de 1520. Seu trabalho o colocou entre os mestres do Renascimento.

A pintura de 47 cm x 34 cm foi avaliada entre 40 mil e 60 mil libras (cerca de R$ 117 mil a R$ 176 mil). O leilão foi marcado para o dia 1º de outubro.

Outro quadro de Mazzolino foi leiloado por quase 350 mil em julho de 2005.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG