Paris, 18 nov (EFE).- O escritor Serge Bramly ganhou hoje o prêmio Interallié, último da temporada de premiações literárias francesas, com a obra Le premier principe, le second principe, que narra os últimos anos do século XX.

Através do olhar de um membro dos serviços secretos, Bramly conta alguns dos principais eventos dos últimos anos do século passado, começando pela morte da princesa Diana em um acidente de trânsito em Paris.

O autor, de 59 anos, considerou o romance como "uma obra como as que eram feitas no século XIX, que se serve do vivo, não só da imaginação do escritor".

Admirador dos índios da América, fotógrafo amador, nascido em 1949 em Túnis, Bramly conseguiu a preferência do Interallié em 14 votações.

Na última, obteve seis votos, frente aos quatro de "Ce que nous avons eu de meilleur", de Jean-Paul Enthoven.

O Interallié fecha uma temporada de prêmios literários na qual o afegão Atiq Rahimi conseguiu o mais importante, o Goncourt, por "Syngué sabour".

A temporada foi aberto com o prêmio da Academia, dado a Marc Bressant por sua obra "La Dernière Conférence". EFE lmpg/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.