Obra no terreno do WTC sofrerá atraso de 4 anos

Por Joan Gralla NOVA YORK (Reuters) - A Torre da Liberdade, a ser erguida onde ficava o World Trade Center, em Nova York, não ficará pronta antes de 2013, bem depois do prazo inicial, que era 2009, disse na quinta-feira a entidade proprietária do terreno.

Reuters |

O arranha-céu de 541 metros de altura, que pretende ser um símbolo da recuperação de Nova York após os atentados de 11 de setembro de 2001, custará 3,1 bilhões de dólares, segundo Christopher Ward, diretor-executivo da Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey.

A Torre da Liberdade será o principal edifício de escritórios desse terreno de 6,5 hectares, mas outras obras também estão atrasadas, como a parte subterrânea de um memorial, uma importante passagem de pedestres e parte da estação de metrô que ficará no subsolo, segundo Ward, cuja agência supervisiona o projeto.

Outras partes do memorial para os quase 3.000 mortos no atentado de 2001 -- a praça, as cascatas, os painéis com os nomes das vítimas e uma área de reuniões -- serão concluídos a tempo do décimo aniversário do ataque, prometeu a agência.

A recuperação do terreno já sofreu atrasos anteriores devido a disputas sobre o seguro e desentendimentos entre Estado, prefeitura, órgãos federais e o incorporador imobiliário Larry Silverstein, que havia alugado o World Trade Center dois meses antes da destruição.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG