Obama/posse: pastor conservador e contrário ao aborto convidado para a prece

A decisão de Barack Obama de que seja feita uma prece durante a cerimônia de posse, no dia 20 de janeiro, por um pastor conhecido por suas posições contra o aborto e o casamento homossexual, escandalizou organizações de defesa dos homossexuais e grupos liberais.

AFP |

Apresentado como o novo Billy Graham, o reverendo Rick Warren é um dos pastores evangélicos da direita cristã mais populares do país; reúne aos domingos mais de 20.000 fiéis em sua gigante Saddleback Church de Lake Forest, na Califórnia (oeste).

Autor de um livro de sucesso que prodigaliza conselhos espirituais "The Purpose Driven Life", também afirmou que "o casamento gay era moralmente equivalente a um matrimônio entre irmãos" e condena o aborto ao qual chama de "holocausto".

Em carta ao presidente eleito, a organização Human Rights Campaign (HRC) denunciou a participação do pastor na cerimônia de posse.

vmt/chl/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG