ringue para reformar sistema de saúde - Mundo - iG" /

Obama volta ao ringue para reformar sistema de saúde

Washington, 27 set (EFE).- O presidente americano, Barack Obama, retornou este fim de semana à briga pela reforma do sistema de assistência de saúde dos Estados Unidos, e disse que há momentos em que se transborda a paciência.

EFE |

Após uma semana destinada à Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova York e à cúpula do Grupo dos Vinte (G20, os países ricos e os principais emergentes) em Pittsburgh, e diante de outra semana de intensas discussões sobre a situação militar no Afeganistão, Obama falou no sábado à noite perante o bloco legislativo negro.

"Estivemos esperando pela reforma do sistema de saúde desde os tempos de (Theodore) Roosevelt", disse. "Estivemos esperando desde os tempos de Harry Truman. Esperamos desde os tempos de (Lyndon) Johnson, (Richard) Nixon e (Bill) Clinton", acrescentou, em referência a ex-presidentes americanos.

"Não podemos continuar esperando", acrescentou.

Obama prometeu durante sua campanha e impulsionou desde sua posse presidencial uma reforma do sistema de assistência médica nos EUA, controlado principalmente por empresas de seguros privadas, que deixa sem cobertura médica mais de 46 milhões de pessoas.

Obama, que no ano passado falou perante o jantar de gala da fundação do bloco legislativo negro como senador, foi saudado ontem à noite como "nosso grande presidente" pela presidente do grupo, a representante Barbara Lee, da Califórnia.

O presidente iniciou seu discurso com uma apaixonada referência à luta pelos direitos civis, mencionou as desigualdades na saúde e na assistência médica que afetam as minorias e defendeu uma aplicação mais severa das leis sobre direitos civis. EFE jab/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG