Obama volta a Washington sem conseguir descansar nas férias

Washington, 30 ago (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, voltou hoje a Washington ao concluir uma semana de férias na exclusiva ilha de Marthas Vineyard, que esteve marcada pela morte do senador democrata Edward Kennedy.

EFE |

O avião presidencial retornou a Washington a partir de Martha's Vineyard, no litoral de Massachusetts, e Obama desceu da aeronave sem fazer declarações à imprensa.

No último dia de suas primeiras férias desde janeiro, quando assumiu o poder, Obama levou as filhas, Sasha e Malia, para comprar doces e sorvetes em uma loja próxima à casa que alugou em Blue Heron.

Embora Obama tenha conseguido separar tempo para jogar golfe, não foi uma semana de descanso, como desejava: na terça-feira, anunciou que pediu ao presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), Ben Bernanke, que permaneça no cargo por outros quatro anos.

Kennedy morreu na noite de terça-feira aos 77 anos após uma batalha de 15 meses contra um câncer cerebral e foi Obama quem fez no sábado o panegírico em uma missa fúnebre perante 1.500 convidados na Basílica de Nossa Senhora do Perpetuo Socorro em Boston.

A família presidencial fará sua seguinte tentativa de férias a partir de quarta-feira, por causa da ponte pelo feriado do Dia do Trabalho, que nos Estados Unidos é comemorado na primeira segunda-feira de setembro.

Mas, nesta ocasião, irã à casa de descanso presidencial em Camp David (Maryland), segundo a Casa Branca.

Obama "buscará um pouco de descanso quando for (a Camp David)", disse aos jornalistas o porta-voz da Casa Branca que o acompanhou a Massachusetts, Bill Burton. EFE mp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG