Washington, 28 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, visitará soldados americanos feridos na base militar de Landsthul, na Alemanha, durante a visita que fará a este país na próxima semana, anunciou hoje a Casa Branca.

Em nota, a Casa Branca disse que, na mesma base, onde fica o hospital que recebe a maioria dos militares feridos no Iraque, Obama também se reunirá com as famílias dos soldados em tratamento.

No ano passado, durante a viagem que fez pela Europa ainda como candidato democrata à Presidência, Obama quis visitar o hospital na Alemanha. Porém, na época, o Pentágono foi contra a realização de um ato de caráter político numa base militar.

A visita anunciada hoje não estava inicialmente prevista no programa da viagem que Obama iniciará na próxima semana, quando também visitará Arábia Saudita, Egito e França.

Quando estiver na Arábia Saudita, no dia 3, Obama encontrará o rei Abdullah, com quem vai conversar sobre o processo de paz no Oriente Médio e o programa nuclear iraniano.

Depois, o presidente americano seguirá para o Egito, onde, no dia 4, fará um esperado discurso ao mundo muçulmano.

Na Alemanha, aonde chegará em 5 de junho, Obama se reunirá com a chanceler Angela Merkel e visitará o campo de concentração de Buchenwald, que um de seus tios avôs ajudou a libertar do regime nazista durante a Segunda Guerra Mundial.

O chefe de Estado americano encerrará a viagem na França, onde terá um encontro com o presidente da França, Nicolas Sarkozy, e participará dos atos de comemoração pelos 65 anos do "Dia D", na Normandia. EFE mv/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.