Obama visita Congresso em busca de apoio à reforma da saúde

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez neste sábado uma rara visita ao Congresso americano em um último esforço para garantir a aprovação de sua proposta de reforma do sistema de saúde. No dia em que o projeto será votado na Câmara dos Representantes, Obama se reuniu membros ainda indecisos de seu partido, o Democrata, para persuadi-los a aprovar a proposta.

BBC Brasil |

O Partido Democrata tem 258 membros na Câmara dos Representantes, mas muitos ainda não declararam apoio à polêmica proposta.

Obama precisa de 218 votos - mais da metade dos 435 assentos da Câmara - para aprovar o projeto. Todos os republicanos da Casa são contra a proposta.

Depois de se reunir com Obama, a presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, disse estar confiante na aprovação da proposta.

Prioridade
A reforma do sistema de saúde é uma das prioridades do governo Obama. A proposta prevê ampliar em 36 milhões o número de americanos cobertos por seguro saúde.

Obama pediu aos parlamentares para "responderem ao chamado da história" e aprovar a proposta.

"É hora de terminar o trabalho. Esta reforma dará mais estabilidade e segurança aos americanos que têm seguro médico. Aos que não têm, dará qualidade e opções", disse o presidente.

Na abertura do debate deste sábado, os democratas que apóiam a proposta disseram que a reforma é necessária moralmente, socialmente e economicamente.

Os republicanos contrários ao projeto, porém, dizem que a proposta é muito ambiciosa, gera muito controle governamental e pode causar grandes estragos na economia americana.

Entre os pontos da propostas está a possibilidade de o governo vender seguros em competição com companhias privadas.

Depois que a Câmara dos Representantes e o Senado votarem suas versões da lei, uma comissão formada por parlamentares das duas Casas deve trabalhar em uma versão conjunta. Caso essa versão seja então aprovada pelas duas Casas, será enviada ao presidente Obama para ser sancionada.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG