Obama viajará em julho para Moscou, Itália e Gana

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, viajará em julho a Moscou para se reunir com o governante russo, Dmitri Medvedev, antes de ir à Itália para participar da cúpula do Grupo dos Oito (G8, os sete países mais ricos e a Rússia). Depois desse encontro multilateral, Obama vai a Gana para um encontro com as autoridades desse país africano.

EFE |

Em comunicado, a Casa Branca informou neste sábado que Obama irá a Moscou entre 6 e 8 de julho a convite de Medvedev para conversar com ele sobre a cooperação em questões de não-proliferação nuclear e formas de colaboração em defesa antimísseis, entre outros assuntos.

Os dois líderes, que também abordarão "ameaças mútuas e desafios de segurança", já tinham se reunido em abril em Londres, onde Obama prometeu visitar a Rússia ao longo de julho.

Após sua estadia na capital russa, Obama irá a L'Aquila, a cidade italiana atingida por um terremoto no início de abril, para participar da cúpula do G8 entre 8 e 10 de julho.

De acordo com a Casa Branca, a cúpula e reuniões à margem com líderes de economias africanas e de países em desenvolvimento "darão uma oportunidade para que os Estados Unidos se aproximem de seus aliados em uma ampla gama de temas".

Durante sua estadia na Itália, Obama também presidirá uma reunião do Fórum das Principais Economias sobre Energia e Clima.

A viagem do presidente americano continuará em Acra, capital que visitará entre 10 e 11 de julho para tratar com o presidente ganês, John Evans Atta Mills, sobre questões bilaterais e regionais.

Leia mais sobre: Obama

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG