Obama viaja à Jordânia depois de se reunir com líderes tribais no Iraque

Amã/Bagdá, 22 jul (EFE).- O candidato do Partido Democrata à Casa Branca, Barack Obama, se reunirá hoje com o rei Abdullah II da Jordânia em uma breve visita a esse país, ao qual chegará procedente do Iraque, onde hoje se reuniu com líderes tribais que lutam contra a Al Qaeda.

EFE |

Segundo a imprensa jordaniana, o rei Abdullah expressará ao candidato democrata seu desejo de que continue, se sair eleito das eleições, com o plano do presidente George W. Bush para o Oriente Médio, que pretende implantar a coexistência pacífica de dois Estados (um israelense e outro palestino).

O monarca jordaniano viaja neste momento dos Estados Unidos, onde passou alguns dias em visita privada, a Amã.

Obama aterrissará na Jordânia procedente do Iraque, onde hoje se reuniu com vários líderes tribais da província de Al-Anbar para expressar seu apoio aos Conselhos de Salvação, milícias de voluntários sunitas que lutam contra a Al Qaeda, informaram à Agência Efe fontes do Governo provincial.

Obama se reuniu na capital de Al-Anbar, Ramadi, com Ahmed abu Risha, líder dos Conselhos de Salvação na província, assim como com o governador provincial.

Após sua passagem pela Jordânia, o candidato democrata irá a Israel e aos territórios palestinos, onde concluirá sua viagem regional pelo Oriente Médio. EFE ajm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG