movimento positivo em discurso de Netanyahu - Mundo - iG" /

Obama vê movimento positivo em discurso de Netanyahu

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta segunda-feira ter visto um movimento positivo em discurso do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, no qual ele apoiou a solução de dois Estados para o conflito entre israelenses e palestinos. Obama pediu novamente a suspensão na expansão de assentamentos judaicos.

Reuters |

O governo norte-americano procurou dar uma interpretação positiva ao discurso de Netanyahu no domingo, no qual ele aceitou pela primeira vez o princípio de um Estado palestino, defendido pelos EUA, mas impôs uma série de condições rejeitadas pelos palestinos.

"Creio que foi um movimento positivo no discurso do primeiro-ministro", disse Obama.

Obama, após conversas com o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, disse ver a possibilidade de reiniciar negociações sérias de paz entre Israel e palestinos.

Mas ele insistiu que Israel deve cumprir suas obrigações do "mapa do caminho" em suspender a expansão de assentamentos judaicos na Cisjordânia ocupada e que palestinos devem pôr fim à violência contra o Estado judeu.

Netanyahu, que chefia um novo governo de direita, concordou com a criação de um Estado palestino independente sob a condição de que Israel tenha garantias internacionais antecipadas de que a nova nação será desmilitarizada.

Enquanto Netanyahu cedeu a pressões de Obama sobre a criação de um Estado palestino, houve desapontamento entre palestinos sobre a exigência de Netanyahu do reconhecimento de Israel como um Estado judeu e com o fracasso do premiê em suspender a expansão de assentamentos na Cisjordânia ocupada.

Obama, que prometeu maior participação dos EUA nos esforços de paz no Oriente Médio, pediu o congelamento total na expansão de assentamentos, seguindo o "mapa do caminho", processo de paz apoiado pelos EUA, mas Netanyahu defende a expansão de assentamentos judaicos já existentes.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG