Obama vai focar inovação nos EUA em discurso em NY

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, viaja para Nova York nesta segunda-feira para promover sua estratégia de melhorar a economia do país por meio de gastos em educação e inovação, num momento em que tira seu foco da reforma do sistema de saúde e o transfere para uma semana de questões relacionadas à diplomacia e economia internacional. Obama falará sobre sua estratégia de destinar mais de 100 bilhões de dólares a fundos de estímulo à economia, bem como ações regulatórias e outras iniciativas, em um discurso no Hudson Valley Community College, em Troy, no leste do Estado de Nova York, situada 225 quilômetros ao norte da cidade de Nova York, informou a Casa Branca em comunicado.

Reuters |

O plano inclui desenvolvimento de um avançado sistema de tecnologia da informação, o restabelecimento da liderança dos EUA em pesquisa básica, melhoria da educação, desenvolvimento de energia limpa, tecnologia avançada para veículos e tecnologia da informação para uso no sistema de saúde, além da promoção das exportações do país, diz o comunicado.

"O governo tem um papel-chave para o cumprimento desse objetivo. Uma atitude moderna e prática reconhece tanto a necessidade de o governo estabelecer as bases para a inovação como os perigos de uma intervenção zelosa demais por parte das autoridades", diz o texto.

O comunicado espelha as recentes declarações de Obama em defesa de um desenvolvimento abrangente da economia dos EUA em vez de investimentos em um setor específico, tais como na área financeira ou em medidas para aquecer o consumo.

"O crescimento explosivo em um setor da economia resulta em uma expansão de curto prazo ao mesmo tempo que mascara fraquezas de longo prazo", salienta o comunicado.

Obama buscou nas últimas semanas dar ênfase aos sinais de melhoria da economia para tentar aumentar sua popularidade, que tem caído como resultado de um debate caloroso sobre seu plano de reformular o sistema de saúde dos EUA, que movimenta 2,5 trilhões de dólares.

Obama vai viajar nesta segunda-feira para a cidade de Nova York para dar início a sua semana mais agitada no cenário internacional.

A disputa nuclear com o Irã e a guerra no Afeganistão são alguns dos temas principais que o presidente vai tratar nos três dias de encontros na ONU, a partir de terça-feira. Ele vai apresentar sua visão sobre política externa em seu primeiro discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, na quarta-feira.

À sombra de uma crise financeira que desencadeou temores de uma outra Grande Depressão, Obama será o anfitrião de uma cúpula de líderes do Grupo das 20 maiores economias do mundo, na quinta e sexta-feira, em Pittsburgh.

(Reportagem de Patricia Zengerle)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG