Obama vai anunciar regras ambientais mais rígidas para o setor automobilístico

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, continua questionando as políticas de seu predecessor, George W. Bush: nesta segunda-feira, ele deve anunciar medidas para limitar o consumo de combustível e as emissões de gás pelos automóveis, informou um representante da administração.

AFP |

Obama deve pedir à Agência de Proteção do Meio Ambiente (EPA, sigla em inglês) reexaminar a possibilidade de conceder ao estado da Califórnia - na vanguarda do combate à poluição - o direito de impor suas próprias restrições às emissões de gases de efeito estufa pelos automóveis, explicou o responsável.

O governo de Bush tinha negado este direito à Califórnia e a mais de dez outros estados.

De acordo com o New York Times, Obama deve assinar uma diretriz neste sentido ainda hoje.

O presidente americano também deve anunciar a intenção de impor regras mais rígidas em matéria de eficiência energética no âmbito federal.

Ele deve pedir ao ministério dos Transportes que tome providências para garantir que o parque automobilístico americano apresente daqui a 2020 um consumo médio de 35 milhas por galão (mais de 56 km por 3,78 litros), segundo a mesma fonte.

De acordo com a imprensa, as diretrizes presidenciais vão obrigar as montadoras a acelerar o ritmo para produzir e comercializar veículos que consumam menos combustível.

lal/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG