WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos EUA, Barack Obama, visitará a Arábia Saudita no dia 3 de junho, para discutir a questão nuclear iraniana e a nova iniciativa de paz norte-americana para o Oriente Médio, disse a Casa Branca na terça-feira. O reino saudita, maior exportador mundial de petróleo, é um sólido aliado dos EUA e tem tido papel importante nas tentativas de mediação entre palestinos e israelenses, algo que Obama considera prioridade na sua política externa.

O porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, disse que Obama será recebido pelo rei Abdullah, e que a questão do terrorismo também estará na pauta.

Obama está buscando construir uma aliança com governos islâmicos moderados, de modo a pressionar o Irã a abandonar seu programa de enriquecimento de urânio, que o Ocidente suspeita que seja voltado para o desenvolvimento de armas atômicas - algo que Teerã nega.

A Arábia Saudita está entre os 15 maiores parceiros comerciais dos EUA.

Depois da Arábia Saudita, Obama viajará ao Egito, onde deve proferir um importante discurso dirigido ao mundo islâmico.

(Reportagem adicional de Doug Palmer)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.