Obama toma posse e se torna 1º presidente negro dos EUA

Barack Obama se tornou nesta terça-feira o 44º presidente dos Estados Unidos em uma cerimônia acompanhada por milhões de pessoas em Washington. Ele prestou juramento em uma plataforma em frente ao Capitólio da capital americana, a sede do Legislativo federal.

BBC Brasil |

Com uma das mãos sobre uma Bíblia usada na posse de Abraham Lincoln, em 1861, Obama prometeu "preservar, proteger e defender a Constituição dos Estados Unidos".

O novo presidente foi ovacionado pela multidão que acompanhou a cerimônia na esplanada em frente ao Capitólio, enfrentando o frio de cerca de zero grau na capital americana.

Discurso

Após o juramento, Obama faria o seu primeiro discurso como presidente americano. No pronunciamento, o novo líder dos Estados Unidos deve pedir era de responsabilidade no país.

O presidente eleito e a mulher, Michelle, começaram o dia indo às 9h a uma missa privada em Washington juntamente com seu vice, Joe Biden, e sua esposa.

Cerca de uma hora depois, ele seguiu para a Casa Branca, onde se encontraram com agora ex-presidente, George W. Bush. Depois, eles foram juntos em comboio para o Capitólio, sendo muito aplaudidos pela multidão no caminho.

Telões foram espalhados na esplanada em frente ao Capitólio para que todos possam ver os detalhes do evento.

Para garantir que a posse ocorra sem problemas, um esquema de segurança sem precedentes foi adotado, mobilizando cerca de 40 mil agentes.

Empolgação

Um repórter da BBC em Washington disse que a cidade foi tomada por uma imenso clima de empolgação com a posse.

Às 5h da manhã, o metrô da capital americana já registrava um movimento como o da hora de pico, mas muitos pareciam felizes de enfrentar a multidão para poder acompanhar a posse.

"Eu estou fazendo fila há horas. Não me importo com o quanto eu tenha que esperar", disse o morador de Washington Ronald Brisbon à BBC.

"(Martin Luther) King disse que demoraria 40 anos. Demorou 45 anos, eu posso esperar mais uma hora", completou, se referindo ao fato de um negro passar a ocupar a Casa Branca.

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG