Obama toma passo importante para fechamento de Guantánamo

WASHINGTON (Reuters) - O presidente norte-americano, Barack Obama, ordenou que o governo dos Estados Unidos adquira um presídio no Estado de Illinois para abrigar alguns dos acusados de terrorismo detidos na Baía de Guantánamo, em Cuba, de acordo com uma carta do governo divulgada nesta terça-feira. A carta deixou claro que Obama não tem intenção de libertar nenhum dos detentos nos Estados Unidos. O documento foi assinado pela secretária de Estado, Hillary Clinton, e pelo secretário da Defesa, Robert Gates, e foi endereçado ao governador de Illinois, Pat Quinn.

Reuters |

(Reportagem de Ross Colvin)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG