Obama toma cerveja com protagonistas de polêmica racial

Washington, 30 jul (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, foi hoje anfitrião de uma das reuniões mais esperadas de seu mandato, ao receber nos Jardins da Casa Branca o professor universitário Henry Louis Gates e o policial James Crowley, protagonistas de uma polêmica racial.

EFE |

A chamada "cúpula da cerveja" surgiu após o policial deter Gates, que tentava entrar em casa, após receber denúncias de que um roubo estaria acontecendo no local.

Dois dos principais canais de televisão dos EUA, "CNN" e "MSNBC", mostraram na tela um relógio que marcava a contagem regressiva para o começo da reunião.

O próprio Obama se declarou hoje, antes do encontro, impressionado com a repercussão despertada pela reunião.

Em uma mesa branca, se sentaram Obama e o vice-presidente Joe Biden, com uma camisa de manga curta. Em uma posição claramente menos relaxada estavam Crowley e Gates, ambos de terno e gravata.

O policial e o professor puderam levar as famílias e passearam pela Casa Branca antes de se reunir com Obama.

Em comunicado após o encontro, Obama revelou que os dois envolvidos na polêmica já tinham conversado entre eles.

"Sempre achei que o que nos une é mais forte que o que nos separa", disse o presidente, para completar: "Isso é o que ocorreu esta noite e acho que todos nós poderemos tirar uma lição positiva do episódio". EFE mv/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG