Obama se reúne em Chicago com seus assessores econômicos

Washington, 16 dez (EFE).- O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, se reunirá hoje com sua equipe econômica, quando trabalha nos detalhes de um ambicioso plano de estímulo para transformar a economia com investimentos em infra-estruturas e criação de empregos.

EFE |

A reunião acontecerá antes da entrevista coletiva que Obama prevê dar depois em Chicago, informou hoje sua equipe de transição em um comunicado, sem dar mais detalhes a respeito.

No entanto, a imprensa afirma que, com toda a probabilidade, Obama conversará com seus assessores sobre o plano de estímulo que está elaborando e que prevê um investimento gigante em infra-estruturas e salvar (ou criar) 2,5 milhões de empregos.

O presidente eleito propôs um plano de ação imediata, com um pacote de medidas de recuperação econômica que descansará - como ocorreu durante a Grande Depressão - no investimento público.

Apesar dos detalhes que concedeu até o momento, o valor total do programa continua sendo uma incógnita.

O jornal "The Wall Street Journal" afirmou na última sexta que o plano que a equipe de Obama está estudando superaria amplamente os cerca de US$ 600 bilhões em dois anos que aparentemente estavam inicialmente sob consideração.

O jornal disse que o valor que se maneja agora está entre os US$ 700 bilhões e o US$ 1 trilhão pelo mesmo período.

A reunião contará com a presença do vice-presidente eleito, Joe Biden, do próximo secretário do Tesouro, Timothy Geithner, do futuro diretor do Conselho nacional Econômico da Casa Branca, Lawrence Summers, do novo diretor do Escritório de Orçamentos da Casa Branca, Peter Orszag, e do presidente do conselho assessor para a recuperação da economia, Paul Volcker, entre outros. EFE cae/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG