Washington, 10 abr (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reúne-se hoje com seus principais assessores econômicos na Casa Branca no meio de sinais incipientes de recuperação na economia do país.

Entre os presentes na reunião que acontecerá na residência oficial americana estarão o secretário do Tesouro, Timothy Geithner, o presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Ben Bernanke, e o responsável da Comissão Federal de Seguros de Depósitos, Sheila Bair.

A eles se somará também a presidente da Comissão de Valores (SEC, em inglês), Mary Schapiro.

Espera-se que Obama e seus altos assessores analisem os últimos esforços governamentais para estimular a economia e estabilizar o setor financeiro.

Obama retornou na quarta-feira de sua primeira viagem pelo estrangeiro, uma viagem de oito dias no qual se reuniu com os líderes das principais economias mundiais e no qual protagonizou uma visita surpresa e relâmpago ao Iraque.

A reunião acontece em momentos de fragilidade na economia americana, que no entanto começou a mostrar, apesar da crise, sinais incipientes de recuperação.

Entre os indícios encorajadores está a projeção de lucros do banco americano Wells Fargo, que espera ganhar em torno de US$ 3 bilhões no primeiro trimestre deste ano, segundo anunciou na quinta-feira.

A isso se soma a queda semanal dos pedidos de seguro-desemprego e as previsões de vendas robustas em abril nas redes no varejo do país.

Espera-se que Obama realize umas breves declarações no final do encontro com seus assessores econômicos. EFE tb/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.