Obama se mantém informado sobre situação em Mumbai

O presidente eleito Barack Obama se mantém, nesta quinta-feira, informado da evolução da situação em Mumbai, a capital econômica indiana abalada por uma série de atentados sangrentos na noite de quarta-feira, através de contatos permanentes com a secretária de Estado, Condoleezza Rice, e com os serviços de inteligência.

AFP |

"O presidente eleito Barack Obama conversou com a secretária de Estado pela manhã para se inteirar da situação em Mumbai", declarou um membro da equipe de transição nos Estados Unidos.

Obama, que assumirá oficialmente a presidência dos Estados Unidos no dia 20 de janeiro, também recebeu dos serviços de inteligência americanos um relatório sobre a situação em Mumbai.

Além disso, ele recebeu vários informes do departamento de Estado e do Centro nacional de combate ao terrorismo, segundo a mesma fonte, que não quis ser identificada.

Obama "continua acompanhando de perto a situação, e elogiou a cooperação e as informações fornecidas pela administração Bush", acrescentou.

Barack Obama condenou firmemente estes atentados na quarta-feira, e afirmou que os Estados Unidos precisam reforçar sua cooperação com a Índia e outros países para "perseguir e eliminar as redes terroristas", segundo sua equipe de transição.

A confusão continuava dominando na tarde desta quarta-feira a cidade de Mumbai, pólo empresarial da décima potência econômica mundial, no dia seguinte a uma série de ataques perpetrada por homens armados com fuzis de assalto e granadas contra dois hotéis de luxo, a estação central e sete outros alvos. Pelo menos 125 pessoas morreram e quase 300 ficaram feridas.

Os atentados foram reivindicados por um grupo islâmico desconhecido chamado Deccan Mujaheddins, nome da planície que cobre grande parte do centro e do sul da Índia.

chv/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG