Obama se desculpa por gafe com excepcionais

O presidente americano, Barack Obama, se desculpou nesta sexta-feira pelo comentário que fez durante entrevista a um programa de televisão sobre os Jogos Olímpicos Especiais, evento esportivo que reúne portadores de deficiências intelectuais. Ao ser entrevistado pelo apresentador Jay Leno, Obama disse - em tom de brincadeira - que seu mau desempenho jogando boliche parecia com as Olimpíadas Especiais. Após o programa, Obama telefonou para o presidente da entidade que organiza o evento, Tim Shriver, para se desculpar.

BBC Brasil |

Reuters
Obama comete gafe em programa de tv
Obama comete gafe em programa de TV

"Ele disse que não tinha intenção de humilhar (os deficientes)", disse Shriver. "É importante perceber que as palavras importam e podem machucar. E essas palavras, de certa forma, podem ser consideradas humilhantes para pessoas com necessidades especiais."

Um porta-voz de Obama disse que os comentários do presidente não tiveram a intenção de menosprezar os Jogos Especiais.

"Ele (Obama) acredita que os Jogos Especiais são uma excelente iniciativa, que dá oportunidade para que pessoas com deficiências de todo o mundo possam brilhar", disse o porta-voz.

Criados em 1968, os Jogos Olímpicos Especiais contam hoje com a participação de mais de 180 países.

Obama cometeu a gafe ao dizer a Leno que vinha praticando boliche após seu desastroso desempenho durante a campanha de 2008, quando marcou apenas 37 pontos em um evento que foi filmado e bastante repetido durante a corrida presidencial.

Mesmo assim, Obama disse estar insatisfeito com seu desempenho mais recente de 129 pontos, que ele descreveu como parecido com "as Olimpíadas Especiais".

Apesar da gafe com os deficientes, correspondentes dizem que a facilidade com que Obama passou de temas como a crise econômica para assuntos mais pessoais durante a entrevista com Jay Leno reforçaram o apelo do presidente junto à opinião pública americana tanto como político quanto como celebridade.


Leia mais sobre Barack Obama

    Leia tudo sobre: barack obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG