Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Obama se defende de críticas de Bush e McCain

O democrata Barack Obama acusou, nesta sexta-feira, o presidente George W. Bush e o candidato republicano à Casa Branca, John McCain, de alimentarem o medo e a desonestidade, em uma entrevista coletiva.

AFP |

 

 

"Estão tentando enganar e criar um clima de terror. Não dizem a verdade", disse Obama na Dakota do Sul, um dia depois de Bush ter acusado em Israel os democratas de serem fracos com os terroristas.

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, sugeriu na quinta-feira na Knesset (o parlamento israelense) que os democratas mantêm uma atitude "conciliatória" em relação aos terroristas.

"Esses ataques desonestos e que dividem, como os que temos visto por parte de George W. Bush e John McCain nos últimos dias, não servem à causa" da política externa americana, afirmou o pré-candidato democrata à presidência.

Bush "me acusou, a mim e a outros democratas, de querer negociar com os terroristas e nos classificou como conciliadores, comparando-nos aos que se entenderam com Adolf Hitler. É o típico gênero de ataques horríveis que dividem o nosso país e nos isolam do resto do mundo", continuou Obama.

Na quinta-feira, John McCain fez eco às críticas veladas de Bush, insinuando que o senador demonstraria "ingenuidade, inexperiência e falta de juízo" por querer dialogar com o Irã e o Hamas.

"John McCain repetiu a idéia de que estou pronto para negociar com os terroristas. Jamais disse isso. Sempre fui inflexível a respeito de não negociar com o Hamas, uma organização terrorista que não reconhece Israel e quer destruí-lo", declarou Obama.

"Esse é o tipo de hipocrisia que vemos em nossa política externa", disse.

Barack Obama também desafiou Bush e McCain a justificar suas próprias ações para defender os Estados Unidos.

"Se George W. Bush e John McCain quiserem manter um debate sobre formas de proteger os Estados Unidos, terei muito gosto em fazê-lo a qualquer momento e em qualquer lugar", concluiu.

Leia mais sobre: eleições nos EUA

Leia tudo sobre: eleições nos eua

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG