Obama saúda judeus e muçulmanos por Ano Novo judeu e fim do ramadã

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, desejou neste sábado um feliz ano novo aos judeus, e saudou os muçulmanos pelo fim do ramadã.

AFP |

"Michelle e eu gostaríamos de saudar os muçulmanos dos Estados Unidos e do resto do mundo, neste dia de fim do ramadã e de início da festa do Aid el-Fitr", disse Obama em comunicado.

"Durante este evento festivo, os muçulmanos se lembram das pessoas que têm menos sorte (do que eles), das pessoas que sofrem da pobreza, da fome, dos conflitos e das doenças", acrescentou.

O presidente americano ressaltou o compromisso dos muçulmanos com a caridade e disse que seu governo "trabalha para ajudar os muçulmanos a cumprirem suas obrigações em matéria de caridade, não apenas durante o ramadã, mas durante todo o ano".

Em outra mensagem, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, destacou que as comemorações do Aid el-Fitr na Casa Branca, instaladas por seu marido Bill em 1996, quando ele era presidente, "garantem que todas as crenças têm lugar aqui nos Estados Unidos".

"Este momento de reflexão nos lembra que os valores do Islã - a caridade, o civismo, a cooperação, a compaixão - são valores que compartilhamos como americanos", acrescentou.

Num importante discurso pronunciado em junho no Cairo, Obama defendeu a instauração de uma nova era nas relações entre os Estados Unidos e o mundo muçulmano, para romper com as práticas de seu predecessor, George W. Bush.

Obama também desejou neste sábado um feliz ano novo "aos nossos amigos judeus".

mlm/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG