Obama satisfeito com texto do Senado sobre reforma da Saúde

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, revelou nesta terça-feira seu pleno apoio ao projeto de reforma do sistema de Saúde elaborado pelo Senado, estimando que o texto concretiza 95% de suas promessas de campanha.

AFP |

Em entrevista ao jornal Washington Post, Obama destacou que não está apenas de acordo com o projeto do Senado, e sim "entusiasmado" com o texto aprovado.

Após um mês de discussões, os senadores democratas chegaram a um acordo, na véspera, sobre o texto da reforma do sistema de saúde, permitindo somar 60 votos para a aprovação do projeto, afastando o risco de um bloqueio por parte dos republicanos.

O projeto de lei visa a ampliar a cobertura médica a 31 dos 36 milhões de americanos menos favorecidos.

Obama destacou que a "essência" da reforma do sistema de Saúde foi mantida no texto aprovado pelo Senado. "Os elementos centrais (do projeto) destinados a ajudar os americanos não foram modificados de modo importante".

Segundo o presidente, o projeto trás as medidas necessárias "para a redução dos custos (de Saúde) para empresas, famílias e Estado".

Sobre o outro grande desafio de sua presidência, a luta contra o aquecimento global, Obama admitiu que ainda falta aprovar no Senado uma lei limitando as emissões de gases do efeito estufa, o que será "difícil".

"Mas tenho certeza de que poderemos mostrar aos americanos que devemos estar na liderança da tecnologia e em matéria de energias verdes (...) que serão elementos fundamentais para o crescimento no futuro".

tq/LR/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG