Obama retribui felicitações com telefonema a secretário-geral da OEA

Washington, 8 jan (EFE).- O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, conversou na quarta-feira com o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, em um gesto de cortesia pelas felicitações que recebeu do chileno após sua vitória nas eleições de novembro.

EFE |

Em um breve comunicado, a OEA disse que o telefonema foi dado ontem. Porém, detalhes da conversa não foram divulgados.

Fontes da equipe de transição de Obama disseram à Agência Efe que o telefonema foi uma "cortesia" pelas felicitações que Insulza transmitiu ao democrata após as eleições presidenciais de 4 de novembro.

Um dia após a vitória de Obama, o secretário-geral da OEA enviou uma carta manifestando sua intenção de s unir ao presidente eleito "na abertura de um novo capítulo de cooperação e associação" na região. Além disso, parabenizou-o por sua vitória e assegurou que "sua eleição desperta uma imensa esperança na América".

"Sob sua liderança, os EUA utilizarão efetivamente o sistema multilateral moderno e as fortalezas de nossa comunidade hemisférica para encarar nossos desafios comuns", escreveu Insulza, que lembrou a Obama que sua eleição "representa uma oportunidade única para uma agenda positiva na América". EFE cai/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG