Obama reserva US$ 1,8 bilhão para o combate à gripe

Washington, 16 jul (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, decidiu hoje usar US$ 1,825 bilhão de um fundo criado pelo Congresso para agilizar os planos de prevenção a um eventual aumento no número de casos da gripe suína durante no fim do ano.

EFE |

Em carta enviada ao Legislativo, Obama informou que usará imediatamente parte dos US$ 7,650 bilhões orçados pelos legisladores e aprovados por ele mesmo em 24 de junho para combater a doença.

O dinheiro será usado na compra de remédios que potencializem os efeitos da futura vacina contra a gripe, na aprovação desta pelo FDA (agência reguladora do setor de alimentos e medicamentos) e numa campanha de imunização.

Até agora, foram confirmados quase 100 mil casos da doença em todo o mundo. Ao todo, 429 pessoas morreram, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Especialistas acham que uma nova onda de infecções explodirá na América do Norte com a chegada do inverno.

Na carta ao Congresso, Obama disse que os Estados Unidos "estão ampliando a vigilância nacional e internacional e se preparando para a possibilidade de uma campanha maciça de imunização no outono". EFE cma/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG