O presidente americano, Barack Obama, anunciou nesta segunda-feira a extensão das sanções contra a Síria por mais um ano, após acusar Damasco de apoiar "terroristas" e buscar programas de mísseis e armas de destruição em massa.

O presidente americano, Barack Obama, anunciou nesta segunda-feira a extensão das sanções contra a Síria por mais um ano, após acusar Damasco de apoiar "terroristas" e buscar programas de mísseis e armas de destruição em massa.

col/ma/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.