Tamanho do texto

O presidente Barack Obama reiterou nesta sexta que está comprometido com uma reforma imigratória integral, durante um discurso ante uma associação protestante hispânica, recordando, no entanto, que a mesma deverá ser feita sob condições, incluindo multas, pedidos de reingresso no país e a exigência do aprendizado do idioma inglês.

"Comprometo-me como presidente a aprovar uma reforma imigratória integral", afirmou Obama, depois de definir os Estados Unidos como "uma nação de leis e imigrantes", entre aplausos de líderes religiosos e membros de seu gabinete.

Uma reunião de Obama com líderes do Congresso e da comunidade hispânica para reabrir o debate imigratório foi adiado em duas ocasiões nas últimas semanas.

jz/rs/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.