Obama reitera apoio a Daschle, apesar de problemas com o Fisco

Washington, 2 fev (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou hoje que apoia absolutamente seu indicado a secretário de Saúde, Tom Daschle, apesar dos problemas de impostos revelados durante o fim de semana.

EFE |

Obama falou no Salão Oval da Casa Branca durante uma reunião com o governador republicano de Vermont, Jim Douglas, para tratar sobre o plano de estímulo econômico pendente no Congresso.

O líder não permitiu perguntas, mas, depois que uma jornalista questionou sobre se ainda respalda Daschle após ter sido anunciado que deixou de pagar mais de US$ 120 mil em impostos, respondeu que "absolutamente".

Daschle pediu desculpas hoje perante uma comissão do Senado e disse estar "profundamente envergonhado" pelo fato de ter atrasado o pagamento do valor.

A revelação de que Daschle não pagou em seu dia impostos sobre rendas extraordinárias desde que saiu do Congresso em 2004 gerou críticas sobre o processo de revisão ao qual toda nomeação do gabinete presidencial é submetida.

Daschle, ex-senador por Dakota do Sul, corrigiu suas declarações de impostos de 2005 a 2007 para incorporar os US$ 128.203 em impostos atrasados e um total de US$ 11.964 em juros. EFE mv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG