Obama reforça sistema contra ciberataques

O presidente Barack Obama anunciou nesta sexta-feira um reforço do sistema de defesa contra ataques visando redes de comunicação e de informação americanas, uma ameaça crescente de piratas isolados ou de governos estrangeiros.

AFP |

Obama anunciou a criação de um posto de "coordenador de cibersegurança" que será encarregado da estratégia destinada a proteger as redes governamentais, assim como particulares, disse.

Obama mencionou o perigo crescente representado pelos piratas que atacam as contas bancárias, pelo roubo de propriedade intelectual, e pelos serviços de espionagem estrangeiros.

"Está claro que esta ciberameaça é um dos problemas mais graves que nosso país enfrenta, algo que envolve a economia e a segurança nacional. Está claro também que nosso governo e nosso país não estão tão bem preparados quanto deveriam", disse.

"Agora, nossa infraestrutura digital, as redes e os computadores aos quais nós recorremos cotidianamente, serão tratados como devem ser, ou seja, como um elemento essencial da estratégia nacional. A defesa desta infraestrutura será uma prioridade de segurança nacional", disse.

"Vamos dissuadir, impedir, detectar e parar os ataques" contra essas redes, disse.

Obama não disse quem ele pretende nomear "coordenador de cibersegurança".

lal/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG