Obama recebe Sonia Sotomayor na Casa Branca

Washington, 12 ago (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recebeu hoje na Casa Branca a primeira juíza hispânica da Suprema Corte, Sonia Sotomayor, cuja confirmação prova que as portas da oportunidade devem estar abertas para todos.

EFE |

Obama ressaltou a "excepcional história de vida" de Sonia, filha de pais porto-riquenhos e criada no bairro nova-iorquino do Bronx, mas que conseguiu se formar em prestigiosas universidades dos EUA, e destacou "a grandeza de um país no qual uma história semelhante é possível".

Também destacou que, embora Sonia tenha chegado ao Supremo por seus próprios méritos, é um momento "histórico" para futuras gerações, e agradeceu aos senadores por terem "quebrado outra barreira" com a confirmação de sua nomeação.

A nova juíza do Supremo, por sua parte, expressou sua "enorme gratidão" pelo apoio de sua família, amigos, colegas e senadores e seu agradecimento "de coração pela confiança" depositada por Obama ao nomeá-la para o cargo, no dia 26 de maio.

Sonia, de 55 anos e com 17 de experiência jurídica, reiterou sua promessa de desempenhar o novo cargo "com igualdade" e "sem se importar de onde vem a pessoa, ou se é rica ou pobre".

Além de Sonia e seus familiares, membros do Governo de Obama e do Congresso, juízes do Supremo e representantes das principais organizações hispânicas dos EUA assistiram à cerimônia na Casa Branca.

Sonia foi confirmada no plenário do Senado no dia 6 de agosto, com 68 votos a favor, entre eles os de nove republicanos, e 31 contra, e tomou posse do cargo no sábado, mas também programou uma "cerimônia especial" para o dia 8 de setembro. EFE mp/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG