WASHINGTON (Reuters) - A senadora Hillary Clinton disse nesta terça-feira que o governo de Barack Obama quer retirar as restrições de viagens de famílias que desejam visitar seus parentes em Cuba e pediu a Havana que faça suas próprias concessões. Durante discurso no Senado, Hillary disse esperar que o governo cubano liberte presos políticos e abra sua economia.

"O presidente eleito (Barack Obama) está comprometido em retirar as restrições de viagens...Ele acredita que cubanos-americanos são os melhores embaixadores da democracia, liberdade e economia de livre mercado", afirmou Hillary.

Obama disse anteriormente que era a favor do relaxamento das restrições a viagens e envio de remessas de dinheiro.

(Reportagem de Sue Pleming)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.