Obama quer que ONGs expulsas voltem ao Sudão

O presidente americano, Barack Obama, disse nesta segunda-feira que tentará encontrar uma maneira de fazer com que os trabalhadores humanitários expulsos pelo governo do Sudão retornem, depois de uma reunião na Casa Branca com o enviado especial que nomeou para o país africano.

AFP |

"Precisamos pensar em um mecanismo para fazer com que aquelas ONGs voltem, revertendo a decisão (do governo), ou então encontrar alguma maneira de evitar uma enorme crise humanitária", disse Obama, após se reunir com o general reformado da Força Aérea Scott Gration, designado enviado especial para o Sudão.

Gration deve chegar a Cartum ainda esta semana, em sua primeira visita oficial ao país como enviado do governo Obama, informou a Casa Branca. Ele foi nomeado no início deste mês.

Washington aumenta as pressões sobre o presidente sudanês, Omar al Bashir, depois que ele expulsou 13 grupos internacionais de ajuda que atuavam em Darfur, piorando ainda mais a crise humanitária na região.

chl/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG