Obama quer que Congresso vote reforma da saúde em até duas semanas

Washington, 4 mar (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse esperar que o Congresso americano dê seu voto definitivo sobre a reforma do sistema de saúde do país antes de 18 de março, afirmou hoje o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs.

EFE |

Nesse dia, segundo Gibbs, Obama fará uma viagem cujo roteiro incluirá Indonésia, Guam e Austrália.

"Acredito que o Congresso deve ao povo americano um voto final sobre a reforma do sistema de saúde", explicou o porta-voz.

De acordo com o jornal "Washington Post", "o prazo da Casa Branca indica que o Congresso tem exatamente duas semanas para que a Câmara de Representantes (...) aprove o projeto de lei do Senado, e depois dê aval a uma segunda lei que reconcilie as diferenças entre ambas as versões".

Obama se reuniu hoje com alguns congressistas na Casa Branca para debater a reforma do sistema de saúde.

Já a secretária de Saúde, Kathleen Sebelius, se encontrará em breve com executivos das maiores companhias privadas de seguro, e deverá questioná-los sobre os recentes aumentos nos preços dos serviços. EFE.

jab/id

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG