Obama quer iniciar reforma migratória nos EUA ainda em 2009

O presidente americano, Barack Obama, espera poder iniciar ainda este ano a revisão da política migratória, mesmo que a crise econômica o obrigue a adiar a iniciativa, anunciou a Casa Branca nesta quinta-feira.

AFP |

"Há muitas coisas sobre a mesa e muitos assuntos urgentes relacionados com a Economia. Não acho que (Obama) pense que isso possa ser feito este ano", desconversou o porta-voz presidencial, Robert Gibbs, à imprensa.

Gibbs deu essa declaração depois que o jornal "The New York Times" informou que o presidente está trabalhando no rascunho de um projeto de lei que permitiria aos imigrantes em situação ilegal obter um visto de residência, como parte da reforma migratória.

Gibbs não quis confirmar a notícia de maneira explícita, mas disse que "a legislação pode chegar em algum momento" e destacou que "o presidente está focado em começar o processo este ano, como anunciou durante sua campanha".

Ele fugiu de perguntas sobre a possibilidade de que os ilegais obtenham cidadania americana, mas comentou que "o presidente acredita que só haja uma maneira de resolver esse problema e é por meio de uma reforma migratória exaustiva".

A notícia foi bem recebida pelas ONGs, após os fracassos de reformas migratórias em 2006 e em 2007, no Congresso.

mdl-ok-du/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG