O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, prorrogou por um ano a chamada Lei de Comércio com o Inimigo, vigente desde 1917 e que proíbe o comércio com os países considerados hostis, uma medida que na prática afeta apenas Cuba, anunciou a Casa Branca nesta segunda-feira.

Esta lei deu origem ao embargo contra a ilha comunista, que começou em 1963.

A Coreia do Norte era afetada pela medida até junho de 2008, quando o então presidente George W. Bush retirou o país da lista em troca do desmantelamento de seu programa nuclear.

A lei foi promulgada durante a Primeira Guerra Mundial, e aplicada novamente durante a Segunda Guerra Mundial, de 1939 a 1945. Ela também foi aplicada durante conflitos posteriores, como o da Coreia.

Em 1977, a lei foi reformada para ser aplicada somente em situações de guerra e de emergência nacional. Como o embargo contra Cuba foi decidido em 1963, ou seja, antes da reforma, a ilha comunista continuou na lista, mas o presidente tem que confirmar a decisão a cada ano.

jz/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.