À CNN, presidente americano classificou como "situação trágica" episódio envolvendo barcos de ativistas na costa da Faixa de Gaza

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta quinta-feira ao apresentador Larry King, da CNN, que o incidente desta semana envolvendo os barcos de ativistas na costa da Faixa de Gaza foi uma "situação trágica", mas poderá de alguma maneira ser usado em prol da paz na região.

Na opinião de Obama, Israel tem "preocupações legítimas de segurança" com relação a Gaza, território palestino controlado pelo grupo islâmico Hamas, disse a CNN em seu site. Mas, de acordo com esse relato, o presidente considera que o bloqueio israelense está "impedindo as pessoas" de buscarem oportunidades econômicas. A entrevista deve ir ao ar na íntegra na noite desta quinta-feira.

O ataque israelense à frota de ativistas, que deixou nove mortos, provocou ampla reação internacional, embora os EUA tenham se mostrado mais contidos. Washington iniciou no mês passado uma nova tentativa de mediação entre israelenses e palestinos. Analistas dizem que o incidente desta semana pode dificultar esse processo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.