Obama propõe novo mantado a Bernanke e elogia coragem do presidente do Fed

Washington, 25 ago (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou hoje a decisão de manter Ben Bernanke à frente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) por mais um mandato de quatro anos, a serem contados a partir de janeiro de 2010.

EFE |

Ao fazer o comunicado, Obama elogiou o responsável pela política monetária do país pela "criatividade, o temperamento e a coragem" no combate à pior crise das últimas décadas.

Num pronunciamento em Martha's Vineyard (Massachusetts), onde passa férias, o chefe de Estado parabenizou Bernanke pelo trabalho, com "calma e sabedoria", realizado até agora.

Segundo Obama, as medidas adotadas pelo Fed desde 2008 para combater a crise financeira foram "um experimento audaz e persistente, que começa a dar resultados".

"A indústria automotiva dá sinais de vida e os mercados financeiros se salvaram do colapso", acrescentou.

Bernanke, afirmou o presidente, "conduziu o Fed em meio a uma das piores crises financeiras que este país e o mundo enfrentaram".

"Devemos manter o mesmo rumo, e é por isso que precisamos que Bernanke continue à frente desta tarefa", acrescentou o chefe de Estado, que talvez tenha que enfrentar a oposição quando a nomeação for votada no Senado.

O responsável pela política monetária americana, que estava ao lado de Obama durante o anúncio, admitiu que o país enfrentou "desafios sem precedentes". Bernanke disse ainda que, se for confirmado no cargo, continuará trabalhando para estabilizar a economia e criar condições para uma "recuperação robusta".

Com 55 anos, o atual presidente do Fed chegou ao posto em fevereiro de 2006, indicado por George W. Bush. EFE jab/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG