Washington, 17 jun (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, propôs hoje uma reforma no atual sistema financeiro do país, que, segundo disse, permitiu abusos e excessos.

"Meu Governo propõe hoje uma reforma radical na regulação do sistema financeiro, uma transformação numa escala que não era vista desde as reformas subsequentes à Grande Depressão", afirmou Obama num discurso na Casa Branca. EFE tb/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.