Obama promete tornar ciência prioridade de seu Governo

Washington, 20 dez (EFE) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, prometeu hoje que a ciência será prioridade de seu mandato, ao anunciar a nomeação do cientista John Holdren como o próximo assessor científico da Casa Branca. Em seu discurso em rádio transmitido aos sábados, Obama anunciou hoje a nomeação de Holdren, e também o da bióloga marinha Jane Lubchenco, que será a próxima diretora da Administração Federal Oceânica e Atmosférica (NOAA, em inglês), que dirige boa parte da pesquisa do Governo sobre meio ambiente. Tanto Holdren, que dirigirá também o Conselho Assessor Presidencial para a Ciência e a Tecnologia, como Lubchenco são dois conhecidos lutadores contra o aquecimento global. Além disso, Obama anunciou os cientistas Harold Varmus, prêmio Nobel e ex-diretor do Instituto Nacional de Saúde, e Eric Lander, um especialista na pesquisa do genoma humano, como outros integrantes do conselho assessor. É hora de voltarmos a fazer com que as ciências sejam uma prioridade em nossa agenda e trabalharmos para restaurar a posição dos Estados Unidos como líder mundial nas ciências e na tecnologia, afirmou Obama. O presidente eleito, que nas últimas semanas aproveitou o discurso para anunciar uma série de nomeações, declarou também que promover as ciências não é apenas fornecer os recursos necessários para a investigação. Trata-se de proteger o processo investigativo e inquisitivo livre e aberto. Trata-se de assegurar que os fatos e...

EFE |

No ano passado, o ex-assessor médico presidencial Richard Carmona revelou ao Congresso que autoridades da Administração do presidente George W. Bush buscaram tirar importância de relatórios sobre saúde pública que contradiziam suas idéias políticas e viam o aquecimento global como "uma coisa da esquerda".

"Trata-se de escutar o que nossos cientistas têm a dizer, ainda quando for inconveniente; especialmente, quando for inconveniente", destacou Obama.

Como presidente dos Estados Unidos, sua meta será, como a das ciências, "a busca do conhecimento, a verdade e um entendimento maior do mundo que nos cerca", prometeu.

Segundo Obama, "se voltarmos a nos comprometer com a descoberta; se apoiarmos a educação científica para criar a próxima geração de cientistas e engenheiros aqui mesmo nos Estados Unidos; se temos uma visão para crer e investir em coisas que ainda não vimos, poderemos dirigir o mundo em direção a um futuro de paz e prosperidade".

Obama passará a próxima semana no Havaí para o recesso de Natal antes de tomar posse, em 20 de janeiro. EFE mv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG